No pior momento da pandemia, Rio Grande do Sul tem apenas seis leitos de UTI disponíveis

No pior momento da pandemia, Rio Grande do Sul tem apenas seis leitos de UTI disponíveis

O Rio Grande do Sul enfrenta o pior momento desde o início da pandemia, com recorde de internações. A ocupação dos leitos de UTI chegou ao limite. Num dos principais hospitais privados de Porto Alegre, a taxa de ocupação na UTI é de 114,9%. A direção da unidade anunciou que vai alugar um contêiner refrigerado, já que o necrotério do hospital também está lotado.

Nosso Whatsapp: https://jornaldarecord.r7.com/whatsapp
Inscreva-se no canal Jornal da Record: http://r7.com/mYfx
Assista às íntegras no PlayPlus: https://www.playplus.com
Facebook: https://www.facebook.com/JornalDaRecord/
Instagram: https://www.instagram.com/jornaldarecord
Twitter: https://twitter.com/jornaldarecord
Site oficial: https://noticias.r7.com/jr-na-tv

#JornaldaRecord #Jornalismo #RioGrandedoSul

Maria Vilich

Maria Vilich

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: